O transplante capilar é um procedimento cirúrgico que cumpre o papel de repor os folículos capilares perdidos do couro cabeludo e apresenta resultados naturais e duradouros. “Ele consiste na retirada de folículos pilosos de áreas não atingidas pela calvície e a implantação nas áreas de perda de cabelos”, explica o dermatologista. “Como os folículos implantados são escolhidos por não sofrerem a ação da calvície, a vantagem é que as unidades de pelo que se mantém na cirurgia tendem a se manter de forma duradoura”. O indicado é sempre procurar um dermatologista especializado nesse procedimento para evitar resultados indesejados.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE TRANSPLANTE: QUAL A DIFERENÇA ENTRE O FUT E FUE?
Existem dois tipos de transplante capilar, o FUT (transplante de unidade folicular, em tradução livre) e o FUE (excisão de unidade folicular, idem) que proporcionam diferentes resultados. “No FUT é retirada uma faixa de couro cabeludo da região da nuca, deixando uma cicatriz linear, que normalmente o cabelo esconde. Dessa faixa, são retirados os folículos que serão doados para a área de calvície. Já no FUE são retirados folículos um a um, fio a fio, deixando cicatrizes discretas ou invisíveis. Cada um destes fios será implantado na área careca”, explica Silveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *